Welcome to my blog, hope you enjoy reading
RSS

21 de jan de 2010

Tá na mesa pessoal!







Trann.. Década de 90, para aqueles que assistiam TV Colosso, vão se sentir em casa...trinnnn..trinnn ..Quase em casa ,a não ser pelo barulho da impressora que fez parte da minha barulhenta infância...trannn..trannn...Em meados da década de 90, não eram muitos os que possuíam um computador em casa. Vovó ainda tinha uma máquina de datilografar. Após meus pais fecharem o curso de informática, algumas máquinas foram lá pra casa e junto com elas o meu tormento. Pra começar, o problema ocupa metade da sala em que eu e meus irmãos brincávamos, por que agora:
- Se eu pegar alguém mexendo aqui vai ter hein! – A mamãe furiosa, com os impostos ainda pra pagar depois de ter fechado o curso. E a gente sem lugar pra brincar. O legal era cobrar dos amigos pra ver aquele trambolho na sua sala, dava pra levar. No início, a minha mãe só dava aulas pra duas pessoas, não incomodava tanto assim. Até, um aluno questionar a minha mãe se ela não queria digitar trabalhos. Ora, pede pra ela digitar na sua casa! - Aí as nossas manhãs de sono, estavam terminadas. As primeiras férias com aquele barulho, trinnn...trannnn...eram de matar. A mãe cada vez mais recebia trabalho, carta, ofício pra digitar e a TV Colosso ia pro espaço. E nada de pedir pra parar um pouquinho, era pior que tomar uma surra:
-E quem vai colocar empregada em casa? Quem vai comprar doce?Vai perder tudo hein! –E aquele barulho, do cartucho sobre o papel... trinnn...trannn... Pra lá de trinnn...trann, de chato! Pra piorar a situação meu pai chega em casa e diz:
- meu bem, agora temos 2 impressoras! Consegui a preço de banana. –Agora eu que tenho dois problemas, que banana!
Depois de uns anos tava tão anestesiada à impressora, que tava igual a quando a gente dorme com ventilador, não ligava mais pelo calor e sim pelo barulho no pé do ouvido. Falando em pé, quando uma ficou cotó, por que meu irmão mais novo inventou de futucar, aí que desgraçou de vez. Era o barulho de um vibracall batendo na mesa com aquele detalhe no papel....trinnn...trannn...Era um soluço interminável. A mãe um pilha com os impostos e eu uma pilha com a máquina que pagava os impostos.
Percebi que contar qualquer coisa que tenha acontecido na minha infância dentro de casa, sem aquele barulho era quase impossível. Por causa da modernidade em casa, os castigos, as brincadeiras, enfim, a vida acompanhava essas evoluções. Já contei das broncas que eu levava pelo MSN? E o meu pai que sabia o que a gente olhava pela internet? Bom, aí é outra história, outro texto.
Outro dia, fui fazer uma pesquisa sobre meus antigos tormentos, até música eletrônica com o barulho daquele cacareco fizeram. Não tem mais o que inventar. Acho que tenho até tic nervoso por causa daquele barulho irritante. Hoje, tenho uma multifuncional que só me dá problemas. Não se faz impressoras como antigamente, nem barulhos também!

http://www.bluebus.com.br/show/2/89440/quem_diria_e_o_barulho_da_impressora_virou_musica_veja_isso_aqui

5 comentários:

Jana Cambuí disse...

haha, muito bom! Realmente, aquelas impressoras eram muito barulhentas. Mas ó, as de hoje não ficam muito por baixo não, tenho uma multifuncional hp aqui, novinha, que avisa sempre que tá imprimindo alguma coisa, é um alarde!

E a música também é show, gostei!
Beijos, Tai!

Maria da Fé* disse...

Não me fale em multifuncional.. a minha tem um nome especial: Multitormental hahahahaha
Post maravilhoso, vc como sempre crescendo mais e mais. Fico feliz em acompanhar a sua evolução!!
Sucesso =)*

Cristiano Contreiras disse...

Recordar é viver!!!

eu até hoje lembro exatamente daqueles barulhinhos que a impressora de minha mae fazia..kkkk!
meu pai tinha uma igual no trabalho dele! as vezes, me dava nos nervos! rs

bj

Toni Caldas disse...

Muito bom!

Doses moderadas do 'hilário' misturadas a porções de 'passado' combinaram bem! As onomatopéias enriqueceram e muito - pra falar a verdade foi o que mais me remeteu a esse passado tão recente.

Parabéns, tá show!

;)

Marília Marques disse...

Um arraso!!!
(O texto e o barulhinho -inho?? - da impressora!!)

Agora quero ver os textos sobre as broncas pelo MSN e as 'espionagem' pela Internet. haushauhsua

Inté.